Paróquia Ebenézer - IELB



Coisas do Conselho Diretor

> Mãe
Quando tratado com os presentes sobre os empréstimos por parte da IELB, o pastor Konrad Nascimento disse que o "tesoureiro da IELB é uma verdadeira mãe com as congregações".

 

> Mario-Arnildo

O presidente do CD agradeceu o trabalho da Área de Missão confundido o pastor Mario Lehenbauer com Arnildo Schneider. O pastor Mario não perdeu o engano e disse "também agradeço o pastor Arnildo pelo seu trabalho."

 

> Cachaça
O coordenador do PEM falou que a cachaça dele é o "Aquecendo Corações", movimento evangelístico da IELB

  



Conselho Diretor na internet
> Acesse aqui mais fotos do CD
>
Acompanhe pelo site da IELB as últimas notícias do CD no Plantão do CD

> Congregações buscam alvos do Planejamento 2010, leia no site da IELB
 

 

 

IELB cresce e chega
a 233 mil membros


Estatísticas apresentadas revelam que IELB cresce 1,4% no último ano


Dados sobre o crescimento da Igreja foram apresentados pelo secretário Rony Ricardo Marquardt ao Conselho Diretor. No último ano, a igreja atingiu a marca de 233,4 mil membros. Em comparação a estatística anterior, o crescimento foi de 1,39%.

 

Para cada 100 mil brasileiros, 123 são membros da IELB. Na região Sul se concentram três de cada quatro ielbianos. A região Norte do Brasil foi onde a Igreja mais cresceu no último ano, atingindo a taxa de quase 6%. Com o número de membros aumentando, também cresceram os pontos de pregação. Em 2007, sugiram 24 novos locais de culto. A IELB tem 503 paróquias em todo o Brasil, atendidas por 610 pastores.

 

Entra e sai

Os números também revelam como acontecem as entradas e saídas dentro da Igreja. A principal porta de entrada é a profissão de fé, que totalizou quase 4,6 mil ingressantes. A porta de saída  principal é o abandono que chegou a 2,8 mil. Apesar do número elevado, ele é inferior ao registrado em 2006.

 

A São João de Canguçu/RS registrou o maior número de profissões de fé, 92 pessoas. A Cristo Redentor de Três Vendas, Pelotas/RS, registrou o maior índice de abandonos - 150 membros. Nos distritos, 11 tiveram decréscimo de membros e 44 aumentaram.

 

35% vão aos cultos 

Em média, a freqüência nos cultos, é de 35%. No distrito Vale do Tocantins, esse número é o dobro. De cada dez luteranos, sete freqüentam a igreja. Os dados também apontaram um salto nos cultos com Santa Ceia, que chegam a 78,7%.

 

Os departamentos das congregações realizaram 7,7 mil encontros com a presença de 1,5 milhões de pessoas. Desde total 16,3% não são luteranas. O departamento com maior presença de não-luteranos é o da terceira idade, com 38%. O grupo que mais reúne pessoas é o de crianças que chegou a 466 mil presenças.

 



Congregações aumentam ofertas para
o orçamento da Igreja


Tesoureiro Moacir Güenter apresentou os números financeiros da IELB

 

Se as estatísticas apontam números positivos no rol de membros, os dados financeiros também trazem bons percentuais. Conforme o levantamento, as entradas aumentaram 15% em 2007. Analisando as entradas conclui-se que cada luterano oferta anualmente R$ 147.

 

As ofertas para a missão atingiram R$ 2,4 milhões. Cinco distritos alcançaram o percentual de 11% de ofertas para a IELB: Rio de Janeiro, Rio Doce, Mineiro, Nordeste Verdes Mares e Pará Norte. Em média, os distritos ofertam 6,9% das entradas para a IELB.

 

As ofertas regulares representam ¾ das receitas das congregações. O maior investimento das congregações é com a manutenção de obreiros, representando 55%. Para a missão são destinados 9,5% e em serviço social são aplicados 0,5%.

 

 

 


CENTRO ADMINISTRATIVO DA IELB

      Av. Cel. Lucas de Oliveira, 894 | Porto Alegre/ RS | Fone: (51) 3332-2111 | Fax: (51) 3332-8145
Editor: Leandro R. Camaratta – comunicacao@ielb.org.br



Escrito por Paróquia Ebenézer às 10h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Podemos fazer a diferença...

 

A professora Teresa conta que no seu primeiro dia de aula parou em frente aos seus alunos da 5ª série primária e, como todos os demais professores, lhes disse que gostava de todos por igual.

No entanto, ela sabia que isto era quase impossível, já que na primeira fila estava sentado um garoto chamado Ricardo.

Ela, aos poucos, notava que ele não se dava bem com os colegas de classe e muitas vezes suas roupas estavam sujas e cheiravam mal.

 Houve até momentos em que ela sentia um certo prazer em lhe dar notas vermelhas ao corrigir suas provas e trabalhos.

Ao iniciar o ano letivo, era solicitado a cada professor que lesse com atenção a ficha escolar dos alunos, para tomar conhecimento das anotações.

Ela deixou a ficha de Ricardo por último. 

Mas quando a leu foi grande a sua surpresa...

 

Ficha do 1º ano:

 

“Ricardo é um menino brilhante e simpático. Seus trabalhos sempre estão em ordem

e muito nítidos.

Tem bons modos e é muito agradável estar perto dele.”

 

Ficha do 2º ano:

 

“Ricardo é um aluno excelente e muito querido por seus colegas, mas tem estado preocupado com sua mãe que está com uma doença grave e desenganada pelos  médicos. A vida em seu lar deve estar sendo muito difícil.”

 

Ficha do 3º ano:

 

“A morte de sua mãe foi um golpe muito duro para Ricardo. Ele procura fazer o melhor, mas seu pai não tem nenhum interesse e logo sua vida será prejudicada se ninguém tomar providências para ajudá-lo.”

 

Ficha do 4º ano:

 

“Ricardo anda muito distraído e não mostra interesse algum pelos estudos.

Tem poucos amigos e muitas vezes dorme na sala de aula.”

 

Ela se deu conta do problema e ficou terrivelmente envergonhada...

E ficou pior quando se lembrou dos lindos presentes de Natal que ela recebera dos alunos, com papéis coloridos, exceto o de Ricardo, que estava enrolado num papel de supermercado.

Lembrou que abriu o pacote com tristeza, enquanto os outros garotos riam ao ver que era uma pulseira faltando algumas pedras e um vidro de perfume pela metade.

Apesar das piadas ela disse que o presente era precioso e pôs a pulseira no braço e um pouco de perfume sobre a mão.

Naquela ocasião Ricardo ficou um pouco mais de tempo na escola do que o de costume.

Relembrou, ainda, que ele lhe disse:

- A senhora está cheirosa como minha mãe!

E, naquele dia, depois que todos se foram, a professora chorou por longo tempo...

 Em seguida, decidiu mudar sua maneira de ensinar e passou a dar mais atenção aos seus alunos, especialmente a Ricardo.

Com o passar do tempo ela notou que o garoto só melhorava.

E quanto mais ela lhe dava carinho e atenção, mais ele se animava.

Ao finalizar o ano letivo, Ricardo saiu como o melhor da classe.

Seis anos depois, recebeu uma carta de Ricardo contando que havia concluído o segundo grau e que ela continuava sendo a melhor professora que tivera.

As notícias se repetiram até que um dia ela recebeu uma carta assinada pelo Dr. Ricardo Stoddard, seu antigo aluno, mais conhecido como Ricardo. 

Mas  a  história não terminou aqui...

Tempos depois recebeu o convite de casamento e a notificação do falecimento do pai de Ricardo.

Ela aceitou o convite e no dia do casamento estava usando a pulseira que ganhou de Ricardo anos antes, e também o perfume.

Quando os dois se encontraram, abraçaram-se por longo tempo e Ricardo

lhe disse  ao  ouvido:

 “Obrigado por acreditar em mim e me fazer sentir importante, demonstrando-me que posso fazer a diferença.”

E com os olhos banhados em lágrimas sussurrou:

“Engano seu! Depois que o conheci aprendi a lecionar e a ouvir os apelos silenciosos que ecoam na alma do educando.

 

Mais do que avaliar as provas e dar notas, o importante é ensinar com amor mostrando que sempre é possível fazer a diferença...”

 

Afinal, o que realmente faz a diferença?

É o fazer acontecer a solidariedade, a compreensão, a ajuda mútua e o amor entre as pessoas...

O resto vem por acréscimo...

É este o segredo do Evangelho.

Tudo depende da Pedagogia do Amor.

 

Diz a Bíblia:

 

“Ensina a criança no caminho em que deve andar e ainda quando for velho não se desviará dele.”

 

“Nisto todos saberão que sois meus discípulos: Se vos amardes uns aos outros como eu vos amei”

 

 



Escrito por Paróquia Ebenézer às 18h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Coisas do Conselho Diretor

> Pé frio
Foi só iniciar o Conselho Diretor que começou a chover sem parar em Florianópolis.

 

> Ruas

No sul da ilha, as rodovias quase não tem acostamento. E tem a servidão, uma ruela por onde entra só um carro, quando entra!

 

> Ruas II
Diz o pastor local, Martinho Sonntag: nas cidades de vocês ruas estreitas é falta de planejamento, aqui se chama recanto bucólico.

  



Conselho Diretor na internet
> Acesse aqui as fotos do primeiro dia do CD
>
Acompanhe pelo site da IELB as últimas notícias do CD no Plantão do CD
 

 

 

Começam os trabalhos do Conselho Diretor


Aproximadamente 145 pessoas estão participando do Conselho Diretor


Florianópolis recebe 145 participantes do Conselho Diretor da IELB. As reuniões iniciaram na tarde da quinta-feira, 16 de outubro.

 

A abertura do encontro aconteceu às 14h com a devoção do pastor Martinho Sonntag, da CEL Paz de Florianópolis, com o tema "A Bíblia e eu - Meditando na Palavra". O presidente do Conselho Diretor, pastor Egon Kopereck, saudou os presentes e disse que nós, como área de ação da Igreja temos desafios, que com a graça de Deus são atingidos.

 

O pastor Paulo Moisés Nerbas, presidente da IELB, citou a crise financeira na sua saudação "embora possa sofrer as conseqüências das ações humanas comandas pelo sistema financeiro, a igreja sabe que o Senhor não ignora o que acontece no mundo. O fato de decidirmos com relação ao futuro será sempre um testemunho de confiança na graça de Deus".

 



"Acompanhados por Deus" é o lema da IELB para o próximo ano

O pastor Adílson Schunke apresentou o tema que aborda os singulares

 

O lema para 2009 da IELB será "Acompanhados por Deus" com ênfase no trabalho com singulares. O pastor Adilson Schünke relatou a importância de trabalhar com as individualidades das pessoas.

O versículo "com a força com que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação" Filipenses 4.13 é a base do tema. O pastor Schünke destaca que a IELB precisa aproveitar bem a temática e acolher esta parcela da igreja tantas vezes isolada, mas que possui um potencial extraordinário. Por isso, a IELB precisa falar ao coração do separado(a), jovem solteiro(a), viúvo(a), do que optou por viver assim, e que quase sempre dispõe de mais tempo para se dedicar ao trabalho no reino de Deus. A IELB precisa abrir espaços para  aproveitar esta gente.

 

  


CENTRO ADMINISTRATIVO DA IELB

      Av. Cel. Lucas de Oliveira, 894 | Porto Alegre/ RS | Fone: (51) 3332-2111 | Fax: (51) 3332-8145
Editor: Leandro R. Camaratta – comunicacao@ielb.org.br

 



Escrito por Paróquia Ebenézer às 18h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

 

Conselho Diretor
A avaliação do trabalho da IELB estará em pauta de 16 a 19 de outubro, no Conselho Diretor (CD). O encontro, em Florianópolis/SC, reunirá conselheiros e líderes leigos distritais. O CD avalia e projeta o trabalho da Igreja a cada ano. Neste ano, devem se reunir em torno de 140 pessoas. No sábado, 18 de outubro, acontece o culto especial com a mensagem do pastor Rudi Zimmer, diretor executivo da Sociedade Bíblica do Brasil. Durante o Conselho Diretor teremos edições diárias do IELB Notícias e atualizações no site da IELB. 

  



Leia no site
Acesse www.ielb.org.br e leia estas notícias:
> Indicadores da IELB Outubro/2008
>
Obrigações Financeiras Outubro/2008
> Músicos alemães tocam em congregação

 

 

 

Igreja Luterana encolhe nos Estados Unidos


Média nos cultos é de 166 membros. Na foto, a igreja de St. Paul, em Indiana


A Igreja Luterana-Sínodo de Missouri (LCMS) apresentou nova queda no número de membros. A situação vem se repetindo nos últimos 30 anos.

 

Conforme os dados estatísticos referentes a 2007, revelados no início deste mês, o número de membros batizados diminuiu quase 35 mil pessoas. A igreja conta atualmente com 2,38 milhões de membros. A média de participantes por culto é de 166 pessoas, uma queda de quase 7% em relação ao ano anterior. O Dr. John O’Hara, responsável pelas estatísticas da LCMS, acredita que as pesquisas foram prejudicadas porque 25% das congregações não entregaram os dados. Segundo ele, a diminuição é uma tendência na maior parte das denominações protestantes.

 

Enquanto a membresia encolheu, as estatísticas apontaram o aumento das ofertas. Em média, cada luterano americano oferta U$ 763 anualmente (R$ 1,6 mil). Outro dado positivo foi o aumento de cultos transmitidos ao vivo pela internet por 122 congregações. Também aumentaram os dados dos “ministérios especiais” como cultos em outros idiomas e para cegos e surdos.


Fonte: Lutheran Church Missouri Synod



Cegos lêem Bíblia em braile durante fórum na ULBRA

Deficientes visuais puderam ler a Bíblia em braile no Fórum de Teologia


O Fórum de Teologia na ULBRA teve como tema neste ano a morte. Pastores e estudantes de teologia, além de pessoas não-luteranas, debateram o assunto. Foram enfocados os aspectos históricos, religiosos e medicinais da morte. O pastor Leopoldo Heimann comentou que o povo é supersticioso e tem medo de abordar o assunto, por isso a questão deve ter diferentes enfoques.   


O pastor Mario Lehenbauer, 2º vice-presidente da IELB, esteve no encontro e foi um dos condutores das reações da platéia. O Fórum teve repercussão também na mídia. O pastor Clóvis Prunzel participou de programas nas emissoras TV COM e TVE falando sobre o tema.


Um momento marcante do evento foi a entrega da Bíblia em braile pela Sociedade Bíblica do Brasil. Os estudantes de Psicologia, Paulo Pires Jr. e José Luiz Galvão puderam, pela primeira vez, ler o livro sagrado. “É um momento muito emocionante para mim. Espero que todos se engajem para a inclusão do deficiente”, ressaltou Paulo. A Bíblia em braile tem 46 volumes. “Poderia se elaborar uma Bíblia em áudio, mas não seria a mesma coisa. Os deficientes visuais merecem publicações na sua linguagem, que é o braile”, afirma o secretário de comunicação da SBB, Erni Seibert.

 

Fonte: Universidade Luterana do Brasil

 


CENTRO ADMINISTRATIVO DA IELB
      Av. Cel. Lucas de Oliveira, 894 | Porto Alegre/ RS | Fone: (51) 3332-2111 | Fax: (51) 3332-8145
Editor: Leandro R. Camaratta – comunicacao@ielb.org.br

 



Escrito por Paróquia Ebenézer às 17h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis